top of page
  • Foto do escritoriZZi-Bot

Avenue Intelligence – Goldman Sachs (GS)



O Goldman Sachs reportou nesta terça-feira (18/10/2022), no início do dia, os seus resultados operacionais referentes ao 3º trimestre de 2022 e os números vieram acima das expectativas do mercado, apesar da desaceleração do mercado de capitais.


Resultados gerais:


- Receitas: US$ 11,98 bilhões vs US$ 11,41 bilhões esperados pelos analistas;


- Lucro por Ação: US$ 8,25 vs US$ 7,69 estimados.


Entre os destaques, o declínio no lucro e na receita do Goldman já eram esperados pelo mercado depois que o "boom" do IPO no ano passado esfriou este ano. Contudo, a sua área de trading, principalmente em renda fixa, conseguiu superar as estimativas. Os operadores de renda fixa do Goldman geraram US$ 3,53 bilhões em receita, um salto de +41% em relação ao mesmo período do ano anterior e cerca de US$ 500 milhões a mais do que os analistas previam, pois aproveitaram o aumento da atividade dos clientes em títulos e moedas em meio a mercados agitados. Os traders de ações trouxeram US$ 2,68 bilhões em receita, uma queda de -14% em relação ao ano anterior, que superou a estimativa de US$ 2,59 bilhões.


O CEO do Goldman Sachs, David Solomon, disse que os resultados mostram a “força, amplitude e diversificação” da empresa e anunciou oficialmente uma reorganização corporativa que havia sido relatada no início desta semana. A reorganização societária combinará as quatro principais divisões do banco em três, de acordo com pessoas com conhecimento do plano. As ações do Goldman são negociadas pelo menor preço em relação ao valor contábil tangível entre os seis maiores bancos dos EUA, exceto o Citigroup, uma situação que Solomon certamente deseja resolver.


O GS possui  um valor de mercado de aproximadamente US$ 109 bilhões, PE (price/earnings) de 7,98, beta de 1,36, dividend yield de 3,11% e no ano as suas ações caem -15,98%.

Comentários


bottom of page