top of page

⚠️ BC divulga dados atrasados e faz revisão de dados antigos do IBC-BR



O Banco Central divulgou há pouco dados do IBC-BR de março e abril, que estavam atrasados devido à greve dos servidores. O dado de maio deve ser divulgado no próximo dia 14. Em março, o IBC-BR subiu 1,08% na comparação com fevereiro, com ajuste. O dado veio acima do pelos economistas ouvidos pelo Broadcast, cuja mediana era de +1,00% sobre fevereiro.

Em abril, o índice caiu 0,44% na comparação com março, com ajuste, mas subiu 2,23% em relação a abril de 2021. O dado veio pior que o esperado (+0,10% sobre março). No acumulado do ano até abril, o IBC-BR subiu 1,60%, sem ajuste, e em 12 meses, o índice subiu 3,46%, sem ajuste.

O BC ainda revisou os dados de vários meses, conforme a lista a seguir:

▪️ Fevereiro sobre janeiro, de +0,34% para +0,71%

▪️ Janeiro sobre dezembro 2021, de -0,73% para -0,43%

▪️ Dezembro 2021 sobre novembro 2021, de +0,32% para +0,58%

▪️ Novembro 2021 sobre outubro 2021, de +0,45% para +0,87%

▪️Outubro 2021 sobre setembro 2021, de +0,05% para +0,36%

▪️ Setembro 2021 sobre agosto 2021, de -0,57% para -0,27%


Comentários


bottom of page