top of page

BDM Morning Call - 03/10/22

Crediti e surpresa na eleição dividem atenções

... Os institutos de pesquisa pregaram uma peça e tanto nesta eleição. Não só foram os grandes derrotados, errando feio, como Bolsonaro vai para o segundo turno com Lula em condições muito favoráveis, fortalecido pela vitória de expoentes do bolsonarismo nos governos estaduais e no Congresso. A onda conservadora e o resultado mais apertado entre os dois, com Lula (48%) cinco pontos à frente de Bolsonaro (43%), projetam chances vivas de reeleição do presidente daqui a um mês, o que deve injetar ânimo no mercado financeiro, que já contava com a possibilidade de Lula ganhar no primeiro turno. A má notícia vem de fora do escopo político. Investidores globais têm pela frente o desafio de enfrentar a crise do Credit Suisse. ... Nos últimos dias, o custo da proteção dos bônus do banco contra um default aumentou 15%, em níveis não vistos desde 2009, enquanto o CEO, Ulrich Koerner, admitiu que o Credit está em “momento crítico” e se prepara para uma reformulação. ... Na 6aF, em comunicado interno, ele reconheceu que há muita incerteza e especulação, dentro e fora do banco, mas pediu aos empregados para não confundirem o desempenho das ações do banco com “a forte base de capital e posição de liquidez”.

... Já no fim de semana veio a confirmação: Koerner pediu aos investidores até 100 dias para apresentar uma nova estratégia de recuperação, informou a Bloomberg, admitindo que “a turbulência nos mercados pode fazer esse prazo parecer longo”. ... Perdas bilionárias nos negócios de investimentos e private banking colocaram o Credit Suisse em grave crise de credibilidade. Apenas com um cliente, a Archegos Capital Management, o banco contabiliza uma perda de US$ 5,1 bilhões. ... Processos de reestruturação anteriores não foram suficientes, e o Credit se prepara para encolher significativamente em Wall Street, transformando-se em uma instituição mais enxuta e menos aberta ao risco, segundo reportagem do WSJ. ... Uma atualização da estratégia está prevista para o dia 27 de outubro. ... Muito dinheiro deverá ser gasto para se desfazer de negócios de longo prazo e pagar pacotes de saída para profissionais com altos salários. Analistas do Deutsche e do RBC estimam que serão necessários entre US$ 4 bilhões e US$ 6 bilhões. ... A capitalização do Credit Suisse caiu abaixo de US$ 11 bilhões, o que significa que qualquer nova emissão de ações exigirá uma diluição maciça para os atuais investidores. O banco se nega a fornecer ou antecipar detalhes da nova estratégia. ... Na 6aF, as ações caíram 12% depois que a Reuters informou que o banco estaria sondando os investidores sobre a compra de novas participações. É difícil calcular quanto o Credit Suisse precisa porque muita coisa ainda pode dar errado. ... A instituição enfrenta ainda um processo de US$ 800 milhões em Cingapura por parte de um bilionário descontente, que já foi primeiro-ministro da Geórgia, além de uma longa lista de contenciosos relacionados a erros anteriores. UM DIA DE SURPRESAS – Datafolha e Ipec estão desmoralizados, disse o presidente Bolsonaro, e todo mundo vai concordar com ele, após as chances de vitória de Lula no primeiro turno terem sido frustradas nas urnas em proporção tão surpreendente. ... Os institutos de pesquisa não só inflaram os números de Lula no Sudeste, em especial, em São Paulo e no Rio, onde Bolsonaro ganhou, como não conseguiram prever que Tarcísio ficaria à frente de Haddad nem a eleição do astronauta ao Senado. ... O bolsonarismo mostrou sua força e foi avalizado ainda na vitória dos ex-ministros Ricardo Salles, Eduardo Pazuello, Damares, Teresa Cristina, Rogério Marinho, Jorge Seif, do vice Mourão, e de outros, como Magno Malta, Zambelli, Bia Kicis e Romário. ... Essa onda fortalece a posição de Bolsonaro na renovação do Congresso e desde já representa um quadro complicado a Lula, se o candidato do PT vencer a eleição. Ao mesmo tempo, o presidente sai com vantagem ao segundo turno. ... Se as dificuldades para Lula estão no Sudeste, é nessa região que Bolsonaro ganhou palanques importantes para aumentar sua votação no dia 30, com Tarcísio na liderança em São Paulo e com a reeleição de Zema em Minas e Castro no Rio. ... Os institutos de pesquisas apontavam em torno de dez pontos de diferença para Lula nos três maiores colégios eleitorais do País, mas quem abriu essa vantagem foi Bolsonaro, com 51% a 40%, no Rio, e 47% a 40%, em São Paulo. ... Lula só ganhou em Minas Gerais, mas com diferença de cinco pontos, por 48% a 43%, a metade do previsto. ... Com a apuração encerrada pelo TSE, os candidatos já sinalizavam novas alianças para o próximo round. ... Com 4%, Simone Tebet deu 48 horas para os partidos de sua aliança decidirem o que fazer, mas já avisou que “tem lado” e se posicionará. Também Ciro Gomes, que ficou em quarto lugar (3%), pediu “algumas horas” para se pronunciar. ... Ambos tendem para o apoio a Lula, mas isso não significa que a transferência de votos será automática, nem que o candidato do PT seja o favorito. Bolsonaro sai mais forte para o segundo turno e a disputa não será fácil para nenhum dos dois. AGENDA PRIVATISTA – A aposta entre analistas é que a vantagem de Tarcísio contra Haddad para o governo de SP é positiva para as ações da Sabesp, já que o candidato bolsonarista é favorável à privatização da empresa. ... Do mesmo modo, Petrobras pode ser beneficiada pelas chances maiores de reeleição de Bolsonaro. AGENDA – A semana tem como destaque os dados de agosto da produção industrial (4aF) e das vendas no varejo (6aF), neste momento em que a equipe econômica já se anima a projetar um PIB de 1% no ano que vem (veio no RTI). ... Menos otimista, o mercado estima metade disso (0,5%) na Focus (8h25). A maior surpresa recente foi Roberto Campos Neto ter indicado que o BC está alinhado ao mercado quanto à estimativa sobre a primeira queda da Selic, em junho. ... Seu comentário, de que “usando a curva do Focus com corte em junho, mostramos que a gente atinge nossos objetivos (inflação)”, deixou a impressão de que, se a queda da Selic não será prematura, tampouco demorará tanto. ... Hoje (8h), o IPC-S de setembro deve zerar a deflação de agosto (0,57%), para vir estável (+0,01%), segundo a mediana de pesquisa Broadcast. Amanhã (3aF), sai o resultado fechado do IPC-Fipe e, na 5aF, tem o IGP-DI. ... Na tarde de hoje (15h), sai a balança comercial, que deve vir com superávit comercial de US$ 4,8 bilhões em setembro, uma elevação de quase 10% contra o saldo positivo de US$ 4,107 bilhões apurado no mês de agosto. LÁ FORA – O payroll é o indicador mais importante da semana (6aF) e deve continuar apontando sinais de moderação do emprego. Até aqui, no entanto, o mercado de trabalho mais acomodado não mudou a aposta hawkish para o Fed. ... Powell e muitos dirigentes do BC americano (não só os falcões) têm deixado claro que a prioridade do momento é combater a inflação, ainda que esta escolha deva significar sacrifícios ao crescimento e até o custo de uma recessão. ... Na última 6aF, o PCE de agosto confirmou as pressões inflacionárias e voltou a estressar as bolsas em NY (abaixo). ... Para o payroll, a previsão é de que tenham sido criadas 275 mil vagas de trabalho em setembro, abaixo de agosto (315 mil). A taxa de desemprego deve se manter no patamar de agosto (3,7%), quando subiu contra julho (3,5%). ... Hoje, saem nos EUA o PMI industrial de setembro medido pela S&P Global (10h45) e ISM (11h), e investimentos em construção em agosto (11h). Raphael Bostic (10h05), Thomas Barkin (12h45) e Esther George (15h15) falam. ... Na 4aF, tem para conferir nos EUA o PMI/ISM de serviços e o PMI/S&P Global composto de setembro nos EUA. ... Na zona do euro, a primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, discursa em evento na 4aF, sob pressões. ... O mercado repercute mal o pacote fiscal com cortes de impostos financiados por emissão de dívida, que derrubou a libra às mínimas em 37 anos contra o dólar e obrigou o BoE a intervir no mercado de bônus semana passada. ... Na última 6aF, a agência de classificação de risco S&P citou a previsão de aumento do déficit no Reino Unido em sua decisão de revisar de estável para negativa a perspectiva para o rating do país, que foi mantido em AA. ... Mais da metade dos britânicos considera que a primeira-ministra, que está no cargo há menos de um mês (no lugar de Boris Johnson), deveria renunciar ao cargo, segundo pesquisa do instituto YouGov, publicada pela AFP. ... O plano fiscal implementado por Truss alimenta as apostas em atuação agressiva do BC inglês (BoE), no contexto de preocupações já elevadas com a inflação na zona do euro, diante da crise energética da guerra da Ucrânia. ... Na última 6aF, a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) do bloco atingiu a máxima histórica de 10% em setembro, ultrapassando o recorde anterior de 9,1% em agosto. A alta de dois dígitos superou a previsão de 9,7%. ... Amanhã (3aF), sai o PPI de agosto na zona do euro e Lagarde (BCE) participa de evento. Na 5aF, tem a ata do BCE. Hoje, saem o PMI industrial de setembro na zona do euro (5h), na Alemanha (4h55) e no Reino Unido (5h30). OPEP – Pode cortar produção de petróleo em mais de um milhão de barris por dia (bpd) na reunião de 4aF, disseram fontes à Reuters neste domingo, como resposta aos reflexos da desaceleração da economia global sobre o consumo. ... Durante a madrugada, os contratos futuros de petróleo reagiam à notícia de bastidores com salto próximo de 3%. ... Se confirmado, o corte pode acrescentar pressão ao cenário de crise energética atravessado pela Europa. ... A opção de cortar mais de 1 milhão de bpd é apoiada pela Rússia, o maior parceiro fora do cartel. Já a Arábia Saudita, maior exportadora da Opep, tem algumas reservas sobre o tamanho do corte, disseram delegados em off. ... Segundo eles, outras alternativas cogitadas são uma redução menor (500 mil bpd) ou maior, de até 1,5 milhão. CHINA – Fecha para os feriados da Golden Week e deve manter em stand-by a crise do setor imobiliário. ... Neste domingo, o banco suíço Julius Baer alertou, em relatório a clientes, sobre nova onda de vendas de bônus no segmento, após o calote de uma incorporadora. A bola da vez é a CIFI, que deixou de fazer pagamento a credores. ... O episódio, que reacende o fantasma da Evergrande, é visto como sinal negativo para o setor, aponta o Julius Baer, que defende maior apoio de Pequim para “interromper o ciclo vicioso de preços mais baixos e mais defaults”. ... Na noite de 6aF, sai na China o PMI composto de setembro medido pelo setor privado (Caixin/S&P Global). DORME E ACORDA COMPRADO – Se o exterior não pesar, o Ibovespa pode ampliar o otimismo da última 6aF. ... Naquele pregão, o índice à vista conseguiu descolar do estresse em NY e saiu para o final de semana das eleições entusiasmado pelo rumor renovado de que Meirelles, tido como market friendly, aceitaria virar ministro de Lula. ... Nem mesmo o desmentido do próprio ex-presidente do BC sobre o convite à Fazenda pelo PT reduziu o ânimo do índice à vista, que emplacou alta de 2,20% e reconquistou os 110 mil pontos (110.036,79), com giro forte (R$ 32,9 bi). ... A bolsa doméstica terminou setembro com ganho acumulado de 0,47%, bem abaixo dos últimos dois meses: (6,16% em agosto e 4,69% em julho), apesar das sinalizações do Copom de que o ciclo de alta da Selic chegou ao fim. ... Mas no último pregão do mês, o otimismo entre as blue chips se concentrou nas ações das commodities. Já os bancos tiveram ganhos moderados: Bradesco PN (+0,30%; R$ 19,84), Itaú (+0,47%; R$ 28,06) e Santander, +0,66%. ... Apesar da queda do petróleo, Petrobras PN subiu 1,67% (R$ 29,80) e ON ganhou 1,25% (R$ 33,08). Lá fora, o Brent para novembro caiu 0,6%, a US$ 87,96, com a inflação global que pede mais juro e contrata demanda menor. ... Vale (ON, +5,28%, R$ 72,04) contou com o estímulo da aprovação pelo conselho da reorganização das operações de metais básicos no País. Mas o rali foi geral: Usiminas PNA, +7,43%; CSN ON, +5,65%; Metalúrgica Gerdau, +3,93%. ... Às vésperas do primeiro turno, na 6aF, os papéis de varejistas se destacaram entre as maiores altas do Ibovespa nesta 6aF, movimento influenciado pelo maior apetite por risco da sessão e pela queda do desemprego no País. ... Na liderança do ranking, Magalu saltou 10,62%. Via ON (+8,5%) e Americanas ON (+6,9%) também se destacaram. DARLING – O dólar pode abrir com gap de alívio à força bolsonarista, em tese mais alinhada às políticas liberais. ... Na última 6aF, em reprise do “efeito Meirelles”, o dólar saiu rapidamente da faixa de R$ 5,41 para a mínima de R$ 5,3291 (-1,23%), assim que voltou o rumor de que o ex-BC comandaria a Fazenda em um eventual governo Lula. ... Mas a negativa de que já tenha sido convidado devolveu o dólar à estabilidade no fechamento (-0,02%, a R$ 5,3946). Setembro acabou com alta acumulada de 3,71% da moeda americana, sob pressão do avanço global. ... A sinalização dos grandes BCs da urgência contra a inflação é fator altista. No ano, porém, o dólar ainda cai 3,25%, com o real se destacando, junto com o peso mexicano, entre as melhores moedas emergentes, segundo o Broadcast. ... A taxa ptax encerrou o último pregão de setembro, cotada a R$ 5,4066, em alta de 0,28%. ... O bom humor com Meirelles, que tomou as mesas de operação na 6aF, aliviou a curva do DI. ... O DI jan/23 fechou praticamente estável, em 13,700 (de 13,696%, ontem); jan/24 caiu a 12,780% (de 12,863%); jan/25, 11,585% (de 11,717%); jan/27, 11,535% (11,673%); jan/29, 11,700% (11,849%); e jan/31, 11,800% (11,949%). TIME IS MONEY – Nos EUA, o indicador mais importante de inflação (PCE) deu argumentos para os Fed boys continuarem sinalizando que querem entregar mais rápido um choque monetário para liquidar logo a inflação. ... O núcleo do índice de preços de gastos com consumo avançou 0,6% em agosto, acima da previsão de 0,5%. ... A vice de Powell, Lael Brainard, disse que a política monetária terá de ser restritiva por algum tempo e que o Fed quer evitar um “recuo prematuro". Thomas Barkin disse que o Fed “persistirá” até que a inflação seja reduzida. ... Mary Daly disse que "começa a ver os benefícios" do aperto monetário, mas enfatizou que "não vencemos de maneira alguma" a batalha de controle da inflação e "por isso temos adotado um ritmo muito rápido de alta do juro”. ... O perigo de que a política monetária dura do Fed induza a economia americana a uma recessão voltou a assustar as bolsas em NY: Dow Jones, -1,71% (28.730,12 pontos); S&P 500, -1,51% (3.585,62); e Nasdaq, -1,51% (10.575,62). ... Os índices de ações terminaram setembro com quedas de 13,86%, 9,34% e 10,50%, respectivamente. ... A vocação hawkish que os dirigentes do Fed não escondem, combinada ao resultado do PCE, puxou o rendimento da Note de 2 anos (4,204%, contra 4,188% no pregão anterior) e do bônus de 10 anos (3,795%, de 3,769%). ... Apesar do PCE acima do esperado, o índice DXY (termômetro da força do dólar) caiu 0,12%, a 112,117 pontos, porque a libra esterlina (+0,25%) antecipou que o BoE continue conservador, diante do plano fiscal de Liz Truss. ... O euro recuou 0,12%, a US$ 0,9804, apesar do CPI recorde na zona do euro. O iene caiu a 144,76/US$, mesmo diante dos esforços recentes do governo japonês para apreciar a moeda, com intervenção recorde de quase US$ 20 bi. EM TEMPO... PETROBRAS iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser) para venda de sua rede de fibra óptica onshore... ... Estatal também comunicou o início da fase vinculante referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de sais de potássio situados na Bacia do Amazonas. PETRORECÔNCAVO descobriu óleo na bacia potiguar, após perfurar poço com profundidade de 659 metros; empresa irá realizar testes de formação para avaliar as dimensões da acumulação e o potencial de produção. ITAÚ informou que realizou emissões de letras financeiras subordinadas perpétuas no valor total de R$ 1 bilhão, em negociações com investidores profissionais durante o mês de setembro. CASO SAMARCO. Justiça de MG acolheu pedido para impedir cortes de auxílio financeiro a atingidos pela ruptura da barragem de Fundão, de propriedade da Samarco, Vale e BHP Billinton, em 2015, em Mariana. AMERICANAS SA. Nuveen LLC atingiu participação acionária agregada de 45.595.400 de ações ON, que correspondem a 5,02% do total dessa classe de ações da companhia. RAIA DROGASIL distribuirá R$ 82 milhões em JCP, equivalentes a R$ 0,0497/ação; ex em 6/10; pagamento será até maio de 2023. CARREFOUR fechou parceria com a Cornershop, plataforma de compras da Uber, para oferecer entregas de compras em até 15 minutos; a nova operação, ainda em versão piloto, funciona em cinco lojas da bandeira Carrefour Express. OI assinou memorando de entendimento com a EXA Tecnologia por meio do qual a operadora passará a deter a participação no capital da empresa em troca de contribuir para a aceleração do crescimento do negócio... ... A EXA foi criada em maio, como resultado de uma joint venture entre a FS Security e a TIM. ENEVA. Citi tem recomendação de compra para a ação da companhia, com preço-alvo de R$ 16,50... ... Vitória no 2o leilão de Reserva de Capacidade irá adicionar cerca de R$ 1,7 bilhão à receita líquida e R$ 1,4 bilhão ao Ebitda da companhia, diz o banco... ... Truxt Investimentos reduziu participação acionária na companhia para 69.849.312 de ações ON, o equivalente a 4,41%, ante 5,05%. LIGHT. Conselho de administração aprovou aumento de capital da companhia, no valor de R$ 57,9 milhões, mediante a subscrição e integralização de 57.918.885 de ações ON, a R$ 0,0113 por ação. BANDEIRA VERDE. A Aneel manteve as contas de luz em outubro sem taxa adicional de cobrança. COSAN assinou dois contratos de compra e venda de ações pelo valor líquido de R$ 1,007 bilhão para aquisição de participações adicionais na Tellus Brasil e na Janus Brasil Participações... ... O primeiro foi firmado com a Nova Gaia Brasil e a Terraviva Brasil e o segundo, com a Helios Brasil e a Iris Brasil; a Cosan continuará controladora de ambas as empresas. KLABIN assinou aditivo ao contrato de financiamento vinculado à execução do Projeto Puma II, alterando o prazo médio de vencimento de 3,1 anos para 6,9 anos e mantendo o custo original do financiamento. VIVEO informou que foi concluída a aquisição da Pro Infusion; negócio foi inicialmente divulgado em maio, pelo valor de R$ 256 milhões.

Rosa Riscala e Mariana Ciscato

BDM Morning Call, [29/09/2022]

AVISO – Bom Dia Mercado, produzido pela Mídia Briefing, não pode ser copiado e/ou redistribuído.

© 2022 Midia Briefing

Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page