top of page

BDM Morning Call - 07/10/22

Payroll não deve mudar aperto do FED

... Vendas do comércio em agosto (9h) têm estimativas de um recuo mais modesto na margem, de 0,3%, na mediana de pesquisa Broadcast, mas toda a atenção está voltada para o relatório de emprego nos EUA (9h30), que pode influenciar as expectativas para o juro americano. O mercado espera desaceleração na criação de vagas em setembro, para 270 mil, de 315 mil/agosto, e no aumento dos salários, para 5% na base anual, com a taxa de desemprego mantida em 3,7%. Qualquer surpresa para mais deve piorar o humor em Wall St. Um mercado de trabalho forte significa maiores riscos inflacionários e pede juros mais elevados. Mas mesmo mais fraco, o payroll não garantirá um relaxamento da política monetária, dados os vários alertas hawkish dos Fed boys.

... Dirigentes do Fed passam os dias repetindo que a prioridade é a inflação, na tentativa de esvaziar o otimismo do mercado, que aproveita cada indicador de fragilidade para lançar apostas em um ciclo mais curto e menos intenso do aperto. ... Nesta 5aF, foram as falas firmes dos dirigentes do Fed que sustentaram as posições defensivas. ... Neel Kashkari (Minneapolis) disse que há “poucas evidências” de que a inflação chegou ao pico e que o Fed “está distante de uma pausa na alta dos juros”. Charles Evans (Chicago) previu uma elevação de 125 pb nas próximas duas reuniões do Fomc. ... Charles Evans (Chicago) foi na mesma direção: “caminhamos para juros em 4,5% a 4,75% por volta da primavera”. ... Para Loretta Mester (Cleveland), a inflação está “inaceitavelmente alta” e “não vamos parar até que a inflação caia para 2%”. Ainda Lisa Cook, do conselho do Fed, reforçou que a política restritiva será mantida até levar a inflação à meta. ... O diretor do Fed Christopher Waller disse duvidar que o payroll mude o foco do Fed na inflação. “A política monetária pode e deve ser usada agressivamente. Não queremos que as pessoas pensem que uma inflação de 8% é normal.” ... Embora o mercado esteja alinhado a este cenário, conforme a média das projeções do Fed indica, as taxas poderão alcançar níveis ainda mais altos até 2023, acima dos 5%, na avaliação da Lecy Capital e da Vinland Capital. ... Aqui, com o mercado enfrentando o desafio de muitas incertezas com as eleições presidenciais, foram contagiados o câmbio, com o dólar de volta à faixa de R$ 5,20, e os juros, enquanto Petrobras sustentou o Ibovespa (leia abaixo). ELEIÇÕES – A campanha de Lula agradeceu o apoio dos economistas do Plano Real à sua candidatura, afirmando em nota o seu compromisso de construir um arcabouço fiscal, “com credibilidade, previsibilidade e sustentabilidade”. ... Mas isso foi tudo o que Pedro Malan, Pérsio Arida, Edmar Bacha e André Lara Resende conseguiram arrancar de Lula, que tem se irritado com as pressões para antecipar nomes e esclarecer detalhes de seu programa econômico. ... Em São Paulo, Lula disse que “quem quiser conhecer meu ministério terá que esperar eu ganhar a eleição”. ... O candidato do PT também negou que esteja preparando uma carta ao agronegócio, como havia noticiado a Folha: “Eu não preciso ficar fazendo carta. Todo mundo me conhece. Eu tenho um legado de oito anos de Presidência da República”. ... Em entrevista também à Folha, Simone Tebet considerou que o “erro fatal” que custou a vitória de Lula no primeiro turno foi justamente ele não ter detalhado o seu plano de governo e ter apenas focado nos seus feitos do passado. ... Simone é a ponte de Lula com o agronegócio, que apoia em peso Bolsonaro, e deverá fazer sua primeira aparição pública ao lado do candidato do PT nesta 6aF. Está previsto um encontro dos dois e um pronunciamento à imprensa. ... Já Bolsonaro recebeu o apoio de mais seis governadores, quatro deles já reeleitos em primeiro turno: Antônio Denarium (PP), de Roraima; Gladson Cameli (PP), do Acre; Ronaldo Caiado (União), do Goiás; e Mauro Mendes (União), de Mato Grosso. ... Outros dois governadores que firmaram apoio são: Marcos Rocha (União), de Rondônia, e Wilson Lima (União), do Amazonas. ... Em mais um evento político-eleitoral, a Caixa lançou a campanha para renegociar até R$ 1 bilhão em dívidas, com descontos que podem chegar a 90%. O programa, que também consta do programa de Lula, vai até o dia 29 de dezembro. ... Serão beneficiados até 4 milhões de clientes pessoas físicas, 80% com débitos de até R$ 1 mil. ... Nesta 6aF, volta ao ar o horário eleitoral gratuito, com tempos iguais para presidente e governadores, de cinco minutos por candidato. Também está prevista para o início da noite a divulgação do primeiro Datafolha do segundo turno. ... Pesquisa Genial/Quaest, ontem à tarde, mostrou Lula com 48% das intenções de voto contra 41% de Bolsonaro. Votos brancos e nulos somam 4%. E indecisos totalizam 7%. Em votos válidos, Lula tem 54% e Bolsonaro, 46%. ... Em Brasília, o líder do governo, Ricardo Barros, apresentou um projeto de lei para punir os institutos de pesquisa que errarem os resultados com diferença maior do que a margem de erro com pena de reclusão de até dez anos e multa. ... O presidente da Câmara, Arthur Lira, prometeu pautar esse e outros projetos para responsabilizar os institutos de pesquisa na semana que vem. Além disso, disse que pode instalar uma CPI, se houver “fato determinado”. EFEITO DAMARES – A nova correlação de forças que saiu das urnas, com o resultado para o Congresso, deflagrou a disputa pela presidência das Casas legislativas. Segundo o Estadão, Lira estaria consolidado, mas Rodrigo Pacheco corre risco. ... O campo da direita ampliou o espaço no Senado e as ex-ministras Tereza Cristina (PP) e Damares Alves (Republicanos) são as mais citadas para disputar o comando, com o apoio de Bolsonaro e dos parlamentares bolsonaristas eleitos. ... No Globo, o jornalista Alvaro Gribel escreveu que o “risco Damares” acendeu o alerta para o mercado financeiro, que, no day after da eleição, festejou o Congresso mais conservador como um limitador das políticas mais radicais de Lula. ... Mas agora, disse em off o executivo de um grande banco internacional com atuação no Brasil, “começa a cair a ficha da Faria Lima”. Investidores estão se dando conta de que “um Congresso conservador não necessariamente é liberal na economia”. MAIS AGENDA – Além das vendas no varejo, a Anfavea divulga a produção de veículos em setembro (10h). EUA – Mais três Fed boys falam depois do payroll: John Williams (11h), Esther George (12h) e Raphael Bostic (13h) ... Entre os indicadores, saem os dados de agosto dos estoques no atacado (11h), com previsão de alta de 1,2%, e o crédito ao consumidor (17h), além dos dados da Baker Hughes sobre os poços de petróleo em operação (14h). TWITTER - Diante da reapresentação da proposta de compra por Musk, uma juíza americana suspendeu até o dia 28 o julgamento movido pelo Twitter para que o empresário da Tesla e da Space-X conclua a compra da rede social. ... O início do julgamento estava marcado para o dia 17. O Twitter disse que espera fechar o negócio até o dia 28. NÃO LARGA O OSSO – Apesar de dar sinais de fadiga após a febre compradora de 2aF (+5,54%), o Ibov briga como pode contra uma correção, não se intimida pelas perdas em NY e ontem completou a sequência de 5 pregões em alta. ... O payroll vem aí hoje para testar até onde vai o sangue-frio e a resistência da bolsa doméstica, que anda encantada. ... Apesar de o índice à vista não ter bancado a marca dos 118 mil pontos resgatada pontualmente (118.382,31), ainda não foi ontem que entrou em ponto de venda. Fechou em alta de 0,31%, a 117.560,83 pontos, com giro de R$ 33,5 bi. ... O mercado deixou em segundo plano o comentário de Bolsonaro de que conversou com o presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a proposta de taxação de dividendos para bancar o Auxílio Brasil de R$ 600 de forma permanente. ... Novamente, Petrobras serviu de motor à bolsa e contrabalançou o desempenho negativo de Vale e a virada de chave dos bancos para o negativo. A estatal petrolífera continua faturando a alta do petróleo com a Opep+. ... Petrobras PN avançou 3,41% (R$ 33,66) e ON, +2,95% (R$ 37,63). Só esta semana, os papéis já subiram quase 14%. ... Apesar de o petróleo mais caro elevar a defasagem dos preços dos combustíveis por aqui, fonte da Petrobras disse ao Valor que as altas recentes da commodity são “movimentos especulativos” insuficientes para chamar reajuste. ... É “obviamente só marola”, afirmou, em meio a orientações do Planalto, reveladas pela imprensa, para a Petrobras não mexer na gasolina e diesel antes do 2o turno da eleição, para não queimar capital político de Bolsonaro. ... Especialistas têm dito, porém, que se o Brent chegar a US$ 100, um reajuste nas bombas se tornará inevitável. ... Ontem, o barril/dezembro subiu 1,12%, a US$ 94,42. O Morgan Stanley diz que a cotação chegará a US$ 100 “mais rápido do que estimávamos". A Rystad Energy projeta este valor até o fim do ano e o UBS, "nos próximos trimestres". ... Para o Goldman Sachs, a estimativa do 4tri para o petróleo negociado na Ice londrina é de US$ 110 o barril. ... A commodity ampliou os ganhos ontem, apesar de o governo Biden, na luta contra a inflação, estar ameaçando adotar medidas para responder ao corte firme da produção da Opep+, que joga a favor dos interesse da Rússia. ... Nem mesmo a forte alta do dólar antes da divulgação do payroll impediu o novo avanço no preço do barril. ... Os papéis da Vale partiram ontem para uma realização de lucro (ON, -1,83%, a R$ 75,55), terceira pior baixa do Ibovespa. Mas ainda acumulam ganhos de quase 5% este mês. CSN Mineração terminou o pregão em alta de 0,54%. ... Entre as blue chips financeiras, só BB subiu (ON, +1,78%). Entre os bancos privados, a maior perda ficou com Bradesco PN (-2,06%, a R$ 20,97). Itaú caiu 1,81%, a R$ 29,26; Bradesco ON, -1,25% (R$ 17,34); e Santander, -1,12%. ... As varejistas se destacaram entre as maiores altas do Ibovespa, animadas pela deflação em setembro do IGP-DI (-1,22%), bem maior do que a previsão (-0,84%). Via saltou 8,03%; Magazine Luiza, +4,88%; e Americanas, +4,78%. O DRIVER VEM HOJE – O dólar cumpriu o script externo, subiu ontem e voltou à faixa de R$ 5,20. Mas nota-se que o real ainda está bem na foto e chega apreciado ao último dia da semana, com alta acumulada de 3,42% no período. ... É verdade que o boom eleitoral garantido pelo resultado do primeiro turno vem se diluindo e que, se vier forte hoje, o payroll deve impor maior pressão ao dólar. Mas o petróleo caro ajuda as moedas como o real a limitarem as quedas. ... Na esteira do ambiente externo, onde investidores seguiram montando posições defensivas, à espera do relatório de emprego nos EUA, o dólar à vista subiu 0,5% ontem, a R$ 5,2099, e o futuro (novembro) foi a R$ 5,2480 (+0,46%). ... Na curva do DI, influenciados pela cautela externa, alta dos yields dos Treasuries americanos, do petróleo e do dólar, os juros futuros deram sequência hoje à recomposição de prêmios, deixando de lado a deflação do IGP-DI. ... No pregão morno, a ponta curta fechou perto dos ajustes e os demais vencimentos exibiram viés de alta. ... Jan/24 projetou taxa de 12,740% (contra 12,732% na véspera 4aF), jan/25, 11,560% (de 11,516%), jan/27, 11,345% (de 11,308%), jan/29, 11,490% (de 11,459%), jan/30, 11,560% (de 11,489%), e jan/31, 11,580% (de 11,539%). ... Mais duas casas revisaram em baixa, ontem, as estimativas para a inflação deste ano e de 2023. ... Incorporando ao cenário o impacto da diminuição do ICMS sobre serviços de telecomunicação e a desaceleração de bens e serviços observada nos últimos meses, o Itaú Unibanco diminuiu a projeção do IPCA/22 de 6,0% para 5,5%. ... Com a menor inércia deixada para o ano que vem, o banco também reduziu a aposta para 2023, de 5,3% para 5,0%. ... De seu lado, a XP rebaixou as suas previsões de 6,1% para 5,6% e de 5,3% para 5,2%, respectivamente. NÃO CANTEM VITÓRIA – NY comprou, antes do payroll, o recado dos Fed boys, que passaram o dia convencendo o mercado de que a inflação ainda roda muito alta para que a política monetária agressiva seja abandonada tão cedo. ... O BC americano parece estar tentando fazer NY esquecer da ideia plantada por recentes indicadores americanos mais fracos de que o ritmo de aperto do juro já estaria perto de ser reduzido e que o ciclo de aperto duraria menos. ... Na semana que vem, a agenda americana encara os resultados de setembro do CPI (5aF) e do PPI (4aF). ... A impressão de que o Fed não está próximo de moderar o aperto continuou derrubando as bolsas e sustentando os juros dos Treasuries. A taxa da Note de 2 anos subiu para 4,220%, de 4,137%, e a de 10 anos foi a 3,818%, de 3,755%. ... Em Wall Street, as bolsas aprofundaram o pessimismo à tarde, no estresse reforçado pelos comentários dos integrantes do Fed, com todos eles parecendo falcões, dedicados a indicar que o Fed deve continuar pegando pesado. ... O Dow (-1,15%) furou os 30 mil pontos (29.926,94), S&P 500 caiu 1,02% (3.744,52) e Nasdaq, -0,68% (11.073,31). ... Com os Fed boys falando grosso e as moedas europeias enfraquecidas, o índice DXY, que mede o fôlego do dólar contra seis outras divisas fortes, operou em alta firme de 1,07% e voltou a cruzar os 112,000 pontos (112,258). ... A ata do BCE sinalizou mais alta de juros, mas ponderou que o último aperto de 75 pontos-base não significa aumento da mesma magnitude nas próximas reuniões e que os passos seguintes vão depender dos indicadores. ... Na Alemanha, as encomendas à indústria em agosto (-2,4%) assustaram. A previsão era -0,5%. O euro (US$ 0,9798) caiu 0,92%, a libra (-1,43%, US$ 1,1158) voltou a sofrer o “efeito Liz Truss” e o iene (145,06/US$) perdeu 0,34%. EM TEMPO... CSN aprovou realização da 12a emissão de debêntures no valor de R$ 1,5 bilhão. AMERICANAS SA vai fazer a 18a emissão de debêntures no valor de R$ 1 bilhão... ... BC autorizou fintech da companhia, Ame Digital, a operar como instituição de pagamento. REDE D’OR aprovou a emissão de R$ 600 milhões em debêntures. ALLIAR. Fundo de Nelson Tanure protocolou nova minuta do edital da OPA e preço por ação passou a R$ 20,75. BANCO INTER. AGE aprovou o cancelamento de registro de companhia aberta na CVM. SUZANO. Genial Investimentos iniciou a cobertura da empresa com recomendação neutra e preço- alvo de R$ 50... ... Casa avaliou que a exportadora de papel e celulose é uma referência mundial no seu setor de atuação, com grande potencial de valorização e crescimento de longo prazo. COPEL informou que a subsidiária integral Copel Geração e Transmissão adquiriu 100% dos complexos eólicos Santa Rosa & Mundo Novo (SRMN) e Aventura, no Rio Grande do Norte, detidos atualmente pela EDP Renováveis Brasil. WIZ informou que foram implementadas as condições para a aquisição, pela subsidiária Wiz Conseg, da participação societária na Trombini, corretora de seguros exclusiva das concessionárias de veículos do Grupo Le Lac no Paraná. LOG COMMERCIAL PROPERTIES concluiu a venda da participação que detinha no Parque Torino para o CSHG Logística, fundo de investimento imobiliário do Credit Suisse, com o recebimento de R$ 120,316 milhões. MOURA DUBEUX. Lançamentos somaram R$ 390,3 milhões em valor geral de venda (VGV) potencial no 3TRI, alta de 16,1% na comparação anual, mas queda de 30,5% ante o trimestre anterior, segundo prévia operacional. OI. O presidente da Anatel, Carlos Baigorri, afirmou que o imbróglio sobre os valores finais da compra da rede móvel da empresa pela Tim, Vivo, da Telefônica, e Claro não deve impactar prestação dos serviços. AOS ASSINANTES DO BDM, BOM DIA E BONS NEGÓCIOS! *com a colaboração da equipe do BDM Online

Rosa Riscala e Mariana Ciscato

BDM Morning Call, [29/09/2022]

AVISO – Bom Dia Mercado, produzido pela Mídia Briefing, não pode ser copiado e/ou redistribuído.

© 2022 Midia Briefing

bottom of page