top of page

šŸ’µ BofA mantĆ©m cautela com real diante de forƧa do dĆ³lar e riscos polĆ­tico e fiscal

Embora seja a moeda de melhor desempenho na AmĆ©rica Latina neste ano, o real tem se saĆ­do pior do que os pares da regiĆ£o no atual cenĆ”rio de maior aversĆ£o a risco, com exceĆ§Ć£o do peso chileno, observou o Bank of America.


Embora ressaltem que a moeda brasileira jĆ” estĆ” em nĆ­vel depreciado no momento, o banco quer manter a cautela, ao ter em vista que a forƧa do dĆ³lar pode pressionar adicionalmente o real no curto prazo e que os riscos polĆ­ticos e fiscais podem influenciar a moeda no mĆ©dio prazo.


šŸ’¬ā€œContinuamos esperando que o real permaneƧa forte no curto prazo, superando o peso colombiano e o sol peruano, em meio a juros altos, preƧos de commodities e fluxo para aƧƵes. AlĆ©m disso, o ā€˜valuationā€™ Ć© atraente, principalmente apĆ³s a recente liquidaĆ§Ć£o, que tambĆ©m aliviou o posicionamento tĆ©cnicoā€, afirmou o BofA.


BM&C News

Comments


bottom of page