top of page
  • Foto do escritoriZZi-Bot

Wells Fargo: Aumento de curto prazo no teto da dívida dos EUA é o cenário mais provável


Os republicanos tendem a fechar acordo com a bancada democrata no Congresso para uma extensão de curto prazo do teto da dívida, avaliam os economistas Michael Pugliese e Karl Vesely, do Wells Fargo, em relatório.


Eles destacam que a situação segue instável, e apontam que um acordo para o aumento do teto por um a dois anos também é possível, mas que para o novo teto se torne lei até junho, as negociações devem avançar até o fim desta semana.


Em um terceiro cenário, caso o impasse permaneça, o Tesouro corre risco de esgotar sua capacidade de endividamento e a previsão é de chance de 50% de inadimplência no início de junho, avaliam os especialistas.


Caso o Tesouro consiga estender os fundos até 15 de junho, a dívida ganha sobrevida até agosto, com a infusão de receita tributária corporativa e o desbloqueio de uma nova medida extraordinária em 30 de junho, acrescenta o Wells Fargo.

Comments


bottom of page